Carreira em Segurança da Informação

por Marcelo Lau em 10/03/2020

Escolher uma carreira profissional não é uma tarefa fácil quando estamos expostos a uma tomada de decisão em período coincidente ao fim de nossas adolescências. Quando somos jovens desejamos ter uma formação para conquistarmos um emprego e com isto realizarmos nossos sonhos adquirindo aquilo que entendemos ser necessário para nosso conforto.

Em minha escolha profissional (que ocorreu no início de minha formação em graduação no ano de 1990) não haviam formações na área de segurança da informação, me tornando em 1994 Engenheiro Eletricista com ênfase em eletrônica. Neste momento meus sonhos estavam relacionados à atuação em projetos, tão somente como engenheiro.

Anos depois, decidi seguir uma formação em uma pós-graduação (ainda latu sensu) em administração (um MBA na FGV na época). E com isto estava atendendo os anseios de diversos engenheiros que desejavam atuar com temas relacionados à administração de empresas. Neste momento não havia dentro deste horizonte o interesse em atuar em uma área relacionada à Segurança da Informação.

Somente depois de assumir responsabilidades relacionadas à Segurança da Informação em minha vida profissional, eu busquei me aperfeiçoar nesta área de atuação (onde busquei o mestrado na Universidade de São Paulo, visando atuar em pesquisa relacionada à área forense), assunto coincidente às oportunidades investigativas em instituição financeira que eu trabalhava na época.

Os conhecimentos em segurança, hoje presentes em minha carreira, vieram através de formações de curta duração, leituras em diversas fontes (ainda escassas nesta época), que me permitiam desempenhar melhor minhas atividades profissionais. Ainda neste período avaliei o quanto eram escassos os profissionais que atuavam nesta área, sendo poucas as empresas que atuavam neste segmento à época. Percebi que isto era uma grande oportunidade profissional, pois a escassez gera para os bons profissionais, oportunidades inigualáveis.

Entendo que neste período, a oportunidade em estudar conteúdos técnicos foram essenciais para entender melhor sobre o assunto (Segurança da Informação). Sendo que este conhecimento foi consolidado com a oportunidade em colocá-los em prática através de tecnologias diversas que eu tinha chances em utilizar em ambiente corporativo. Neste período, eu entendia a importância de normas e boas práticas, mas o sentimento deste jovem profissional ainda valorizava muito mais o conhecimento técnico do que os processos que estavam delineando minhas atividades e respectivas prioridades de negócio.

Hoje, entendo que uma carreira em Segurança da Informação (onde muitos a denominam como Cibersegurança) é a soma de experiências profissionais, vivências, formações e períodos de muita dedicação pessoal, que irá defini-lo como profissional adequado à atuação em ambiente profissional.

Aos dias atuais, há cursos de curta duração, graduação, pós-graduação e demais especializações. Este conhecimento está disponível inclusive em conteúdos online, em alguns deles acessíveis gratuitamente pela Internet. O que irá diferenciar o aproveitamento deste conteúdo será tão somente o profissional que irá consumi-lo.

Entendo que hoje há a possibilidade de orientação profissional dirigida (como uma mentoria), entretanto, é necessário que o interessado pela preparação profissional procure alguém especializado em coaching e se dedique o máximo possível para que se tenha o aproveitamento adequado desta experiência adquirida por um mentor em potencial.

E dentre a carreira em segurança da informação, ainda se mantêm aquelas que irão exigir do profissional, conhecimentos técnicos, e outros que irão exigir conhecimentos em gestão, em processos ou algo em específico que estará atrelado a uma necessidade de negócio ou necessidade pontual do mercado (como aspectos relacionados à privacidade). Devemos apenas tomar cuidado em não tomarmos decisões em termos de formação que nos leve ao aprendizado de algo que seja uma necessidade apenas temporária, ou uma formação que nos leve à quantidade excessiva de profissionais que se formem em uma área do conhecimento que venha a sofrer potencial saturação (pelo excesso de profissionais disponíveis com tal conhecimento).

Uma carreira profissional é um investimento, não só de dinheiro, mas de tempo (que não volta atrás), portanto, escolha bem o seu caminho e não se arrependa de suas escolhas.

MARCELO LAU



Fundador e Diretor Executivo na Data Security.

Atuou por mais de 12 anos em instituições financeiras nas áreas de segurança da informação e prevenção a fraude.

Engenheiro pela Escola de Engenharia Mauá, pós-graduado em administração pela FGV, mestre em ciência forense pela POLI/USP e pós-graduado em comunicação e arte pelo SENAC-SP.

Coordenador e Professor no MBA em Cibersegurança na FIAP, Professor em instituições como Universidade Presbiteriana Mackenzie, SENAC, UNIFOR, IPOG, IBG e demais outras instituições presentes no Brasil e no mundo.

Preza acima de tudo o uso de seus conhecimentos em benefício da sociedade.

Quer saber o caminho a seguir em sua carreira ?